Almoço com António Rios de Amorim
11 Nov 2016

Sob o mote “Inovar na gestão do capital natural”, António Rios de Amorim, presidente e CEO da Corticeira Amorim foi o convidado para o almoço do BCSD realizado na Porto Business School. António Rios de Amorim apresentou o projeto de intervenção florestal da Corticeira Amorim que tem como objetivo responder a um aumento estimado da procura de matéria-prima cortiça.

Se por um lado as previsões apontam para que nos próximos 30 anos a produção de cortiça seja estável, desde 2010 que a rolha de cortiça tem vindo a conquistar quota de mercado aos vedantes alternativos como o plástico e o alumínio. Ou seja, é esperado que a necessidade anual da matéria-prima cortiça, que agora se situa em cerca de 150.000 toneladas, aumente para 200.000 toneladas.

O projeto de intervenção florestal assenta em quatro pilares: (1) analisar o efeito e eficácia da irrigação e fertilização no crescimento dos sobreiros e na qualidade da cortiça; (2) identificar os marcadores genéticos dos sobreiros que determinam a qualidade da cortiça e a resistência a pragas e doenças para, no futuro, serem produzidas novas populações de sobreiro com elevada qualidade de cortiça; (3) melhoramento do sobreiro que passa por disponibilizar material florestal de reprodução (MFR) de qualidade genética superior, disponibilizar semente para produção em viveiro e por conhecer a adaptabilidade do sobreiro para uma melhor distribuição dos MFR pelo território e adequação das práticas silvícolas; (4) por fim, o combate a pragas e doenças que afetam atualmente o montado.

Este projeto, que para António Rios de Amorim “ainda é um sonho da Corticeira Amorim”, poderá vir a responder ao aumento da procura da matéria-prima cortiça, uma vez que se prevê que diminua o primeiro ciclo de extração de 25 para 12 anos, o que significa aumentar a produção de cortiça num espaço de tempo mais curto, permitindo assim dar resposta às crescentes necessidades desta matéria-prima natural e endógena da Bacia Ocidental do Mediterrâneo.

FOTOGRAFIAS

 

 

Partilhe este artigo

Links relacionados

+ Notícias

BCSD Portugal lança Guia do CEO para a Bioeconomia Circular

BCSD Portugal lança Guia do CEO para a Bioeconomia Circular

O BCSD Portugal lançou o Guia do CEO para a Bioeconomia Circular, que visa dar aos líderes empresariais uma compreensão do conceito e das oportunidades que a Bioeconomia Circular tem para oferecer ao setor privado. O reconhecimento de que o capital natural é finito obriga hoje as empresas a uma enorme e rápida adaptação das suas atividades e operação da cadeia de valor, no sentido de incorporar os princípios da Bioeconomia Circular.

read more
BCSD Portugal junta-se à iniciativa mundial Call on Carbon

BCSD Portugal junta-se à iniciativa mundial Call on Carbon

Foi lançada hoje a Call on Carbon, uma iniciativa global conjunta Climate Leadership Coalition, Haga Initiative e Skift Business Climate Leaders da qual o BCSD Portugal é parceiro e signatário, a par do Corporate Leaders Group Europe e da CER – Sustainable Business Network, com o objetivo de aumentar os investimentos climáticos e a tarifação do carbono.

read more

Leia as notícias online. Por um desenvolvimento sustentável.