Act4Nature Portugal

O act4nature Portugal é uma iniciativa promovida pelo BCSD Portugal no âmbito da act4nature international, lançada em França, em 2018, com o objetivo de mobilizar as empresas a proteger, promover e restaurar a biodiversidade.

O lançamento desta iniciativa em Portugal integra-se nos compromissos assumidos pelo BCSD Portugal, em 2019, ao integrar a coligação Business for Nature, incluem o objetivo de envolver as empresas em compromissos que contribuam para reverter a perda de biodiversidade a nível global.

Qualquer empresa, associada ou não associada do BCSD Portugal, de qualquer dimensão ou setor de atividade pode aderir.

Em 2021, são já 27 as empresas que em Portugal assumiram compromissos no âmbito do act4nature Portugal. São elas a Accenture Portugal, Altice Portugal, Altri, ANA Aeroportos de Portugal, Ascendi, Companhia das Lezírias, Corticeira Amorim, Grupo Crédito Agrícola, CTT, ECOINSIDE, Ecosativa, EDIA, EDP, Eurest, Herdade dos Grous, Inspira Hotels, Jerónimo Martins, KPMG, LIPOR, NBI – Natural Business Intelligence, REN, The Navigator Company, Saint-Gobain Portugal, Sonae, Sovena, Trivalor e VdA.

Compromissos act4nature Portugal 2021:

Compromissos act4nature Portugal 2020:

Enquadramento

Este projeto surge num contexto em que diversos estudos científicos recentes alertam para que o planeta está a perder biodiversidade a um ritmo sem precedentes, aproximando-se rapidamente de um ponto de não retorno. De acordo com a Avaliação Global realizada pelo Intergovernmental Science-Policy Platform on Biodiversity and Ecosystem Services (IPBES) sobre Biodiversidade e Serviços de Ecossistema, publicada em maio de 2019, os humanos estão a alterar os ecossistemas da Terra de forma dramática e a um ritmo sem precedentes, com cerca de 1 milhão de espécies animais e vegetais em risco de extinção.

As empresas podem contribuir para o desenvolvimento de novas dinâmicas. Para além da sua responsabilidade social corporativa, é do interesse das empresas inovar, uma vez que estas dependem de ecossistemas estáveis e resilientes, e que, da escolha por abordagens diferentes, podem surgir novas oportunidades de negócio.

Conscientes do papel e da ação que se espera das empresas, estas comprometam-se a integrar a natureza – ambiente, animais, plantas, ecossistemas, interações e património genético – nas suas estratégias e modelos de negócio, e a pôr em prática medidas que encontrem soluções para a conservação da diversidade biológica, para o seu restauro, para o uso sustentável dos recursos naturais e para uma distribuição justa e equitativa dos benefícios que resultam desse uso.

Porquê comprometer-se

N

Permite antecipar/responder às exigências sociais:

  • 96% das pessoas estão já preocupadas com a perda da biodiversidade (Eurobarómetro, 2019);
  • A Avaliação Global do Intergovernmental Science-Policy Platform on Biodiversity and Ecosystem Services (IPBES) sobre Biodiversidade e Serviços de Ecossistema, lançada em maio de 2019, mostra que os humanos estão a alterar os ecossistemas de forma dramática e a um ritmo sem precedentes;
  • Há expetativa que a CBD COP15 (Conference of the Parties (COP 15) to the Convention on Biological Diversity (CBD)) seja um sucesso, prevendo-se uma mobilização geral para o estabelecimento de compromissos significativos em prol da natureza, e é do interesse das empresas fazer parte desse sucesso.
N

O act4nature é uma iniciativa inovadora construída pelas empresas:

  • Originalmente lançada em França, pela associação EpE – Entreprises pour l’Environnement, tem já várias empresas e parceiros envolvidos, entre elas a Engie, a Lafarge Holcim e a L’Oreal;
  • Os compromissos são adaptáveis a todas as empresas;
  • Cientificamente sólida e reconhecida por stakeholders
N

Benefícios a longo prazo:

  • Aprender através da ação: identificar e gerir riscos e oportunidades;
  • Integrar a ação pela biodiversidade e contra as alterações climáticas;
  • Mobilizar trabalhadores, e encorajar uma abordagem bottom-up;
  • Fortalecer a legitimidade empresarial no que toca à biodiversidade.

Compromissos empresariais

Aderir ao act4nature exige a subscrição de 10 compromissos comuns a todas as empresas e também de compromissos individuais, alinhados com a atividade que desenvolvem.

10 compromissos comuns:

1. Integrar a biodiversidade na estratégia corporativa, fundamentando a nossa atuação no conhecimento científico disponível;

2. Dialogar com as diferentes partes interessadas sobre as suas expectativas e os nossos impactos, ações e progresso;

3. Avaliar a biodiversidade nas diferentes dimensões relacionadas com a nossa atividade, utilizando indicadores de impacto direto e indireto, de risco e de desempenho. Quando relevantes para a tomada de decisão, avaliar em termos económicos os nossos impactos e a nossa dependência do bom funcionamento dos ecossistemas;

4. Promover a integração progressiva da diversidade biológica nas decisões ao longo das nossas cadeias de valor, desde a produção de matérias-primas naturais até à fase final do ciclo de vida dos produtos, após utilização pelos consumidores;

5. Prioritariamente, prevenir, reduzir e, em última análise, compensar os nossos impactos, visando, caso a caso, a ausência de perda líquida ou até um ganho líquido de biodiversidade nas nossas atividades e áreas geográficas de influência, considerando as necessidades de adaptação dos ecossistemas às alterações climáticas;

6. Dar prioridade ao desenvolvimento de Soluções Baseadas na Natureza, assegurando que estas são implementadas de forma cientificamente fundamentada e benéfica para a biodiversidade, e promovendo a variedade dessas soluções;

7. Integrar a biodiversidade no nosso diálogo com os decisores políticos de forma a fomentar a sua progressiva consideração nas políticas públicas. Quando convidados a fazê-lo, contribuir para as estratégias nacionais de biodiversidade dos países onde operamos;

8. Sensibilizar e formar os nossos colaboradores sobre a biodiversidade e a sua relação com as atividades que desempenham. Promover e encorajar iniciativas de proteção da natureza e dar o devido reconhecimento pelas suas ações e práticas neste domínio;

9. Mobilizar recursos e estabelecer parcerias adequadas para apoiar e monitorizar as nossas ações no terreno;

10. Reportar publicamente a implementação destes compromissos e dos nossos compromissos individuais apresentados.

Compromissos Individuais

A concretização dos 10 compromissos comuns act4nature Portugal é assegurada por cada empresa, através da implementação de um conjunto de compromissos individuais SMART – Specific/Específicos, Measurable/Mensuráveis, Additional/Adicionais, Realistic/Realistas e Time-bound/Delimitados no tempo-, definidos em alinhamento com a atividade que desenvolve.

Saiba mais sobre os objetivos individuais das empresas aderentes ao act4nature internacional.

Governance

O act4nature Portugal é uma iniciativa liderada pelo BCSD Portugal com a colaboração de um Steering Committee e de um Advisory Board.

Steering Committee

Função

Em conjunto com o Grupo de Trabalho de Biodiversidade do BCSD Portugal, o Steering Committee é responsável por assegurar a implementação do act4nature à luz da realidade portuguesa respeitando os compromissos comuns e o processo desenvolvido pela iniciativa act4nature Internacional.

Após ouvir o Advisory Board cabe ao Steering Committee a decisão final sobre os vários desafios encontrados no âmbito do desenvolvimento geral da iniciativa em Portugal, e ao BCSD Portugal a aceitação dos compromissos individuais assumidos pelas empresas.

Composição

BCSD Portugal

Empresas:

  • ANA Aeroportos
  • EDP
  • Jerónimo Martins
  • LIPOR
  • REN
  • The Navigator Company

Parceiro Científico:

  • Centro de Investigação em Biodiversidade e Recursos Genéticos (CIBIO)

Advisory Board

Função

O Advisory Board é um órgão consultivo multistakeholder que reúne um conjunto diversificado de parceiros científicos, entidades públicas e privadas e ONGA. No âmbito das suas funções, aconselha e apresenta sugestões de melhoria sobre os compromissos individuais assumidos pelas empresas para o act4nature Portugal, na perspetiva da preservação e promoção da biodiversidade e dos serviços dos ecossistemas. Contudo, o Advisory Board não se responsabiliza pelos compromissos individuais assumidos pelas empresas no âmbito do act4nature Portugal, nem pela sua concretização.

Composição

Membros do Steering Committee

Associações Empresariais:

  • Sílvia Machado, Senior Advisor, Environment & Clima na Confederação Empresarial de Portugal (CIP)

Governo/Administração Pública:

  • Marisa Silva, Adjunta do Senhor Ministro do Ambiente e da
    Ação Climática (MAAC)
  • Nuno Banza, Presidente do Instituto da Conservação da Natureza e das Florestas (ICNF)

Organizações Não Governamentais de Ambiente (ONGA):

  • Domingos Leitão, Diretor Executivo da Sociedade Portuguesa para o Estudo das Aves (SPEA)
  • Ângela Morgado, Diretora Executiva, Associação Natureza Portugal (WWF Portugal)

Parceiros Científicos:

  • Cristina Máguas, Coordenadora do Centre for Ecology, Evolution and Environmental Changes da Faculdade de Ciências da Universidade de Lisboa (CE3C/FCUL)
  • Rui Ferreira dos Santos, Diretor do Centre for Environmental and Sustainability Research da Faculdade de Ciências e Tecnologia/Universidade Nova de Lisboa (CENSE – FCT/UNL)
  • José Lima Santos, Investigador no Centro de Estudos Florestais do Instituto Superior de Agronomia (CEF/ISA)
  • Pedro Beja, Vice-Diretor do Centro de Investigação em Biodiversidade e Recursos Genéticos (CIBIO)
  • Isabel Sousa Pinto, Investigadora Principal no Centro Interdisciplinar de Investigação Marinha e Ambiental da Universidade do Porto (CIIMAR/Universidade do Porto)
  • Tiago Domingos, Coordenador da Plataforma de Ciências e Engenharia do Ambiente do Instituto Superior Técnico (MARETEC/IST)
  • Teresa Pinto Correia, Diretora do Instituto Mediterrâneo para a Agricultura, Ambiente e Desenvolvimento da Universidade de Évora (MED/UÉvora)

Como Aderir?

Qualquer empresa, associada ou não associada do BCSD Portugal, de qualquer dimensão ou setor de atividade pode aderir a esta iniciativa. A adesão ao act4nature Portugal não tem custos associados.

Etapas para adesão:

  • Familiarização com os compromissos já existentes através da brochura do act4nature internacional;
  • Identificação dos impactos, diretos e indiretos, e as dependências das atividades da empresa, e preparação de um plano de ação para a biodiversidade;
  • Estabelecer os compromissos individuais SMART para a empresa, os quais têm de ser concretos e específicos da atividade: SpecificMeasurableAchievableRelevantTime-bound, ou seja, Específicos, Mensuráveis, Alcançáveis, Relevantes e Delimitados no tempo.
  • Garantir que os 10 compromissos comuns são assinados pelo CEO da empresa;
  • Preencher o template com os compromissos individuais e enviar por email para act4natureportugal@bcsdportugal.org  (31 de março de 2022).
  • A equipa do act4nature Portugal irá rever os seus compromissos, recorrendo, se necessário, ao apoio do Advisory Board;
  • Os compromissos assumidos pelas empresas no âmbito do act4nature Portugal serão publicados nesta página em setembro de 2022 (data a indicar).

Para mais informações contacte a equipa do act4nature Portugal através do email: act4natureportugal@bcsdportugal.org.

Testemunhos

Saiba mais sobre iniciativa internacional